Conhecer o eleitorado

quantos_votos_sucesso_hondt

Tendo em linha de conta o método de Hondt, utilizado em Portugal nas eleições legislativas e para os órgãos autárquicos, nem sempre uma vitória nas urnas resulta na assunção do poder.

Nas anteriores legislativas, a coligação PSD-PP (PaF) obteve 36,86% dos votos e o Partido Socialista 32,31%, porém, quem governa atualmente o país é o Partido Socialista.

Situações semelhantes à referenciada anteriormente ocorreram já em vários casos a nível autárquico, em que quem obtém mais votos não é necessariamente quem assume tranquilamente a governação.

Quantos votos são necessários para ter sucesso?

O estudo dos resultados obtidos em eleições anteriores com ajuda de um simulador do método de Hondt pode ser um primeiro passo para compreender o eleitorado e, posteriormente, poderá servir para estudar possíveis cenários de resultados eleitorais.

Se não tem simulador, consulte o website www.ipom.pt onde está disponível um gratuito, simples e intuitivo.

Método Hondt

Após saber quantos votos necessitamos para poder exercer o cargo sem depender de terceiras forças políticas, é altura de procurar conhecer o eleitorado.

A melhor forma de conhecer o eleitorado é, sem dúvida, contatá-lo diretamente.

Mas aceite um conselho, se a sua freguesia ou autarquia tiver uma certa dimensão, procure ajuda. Aprenda, desde já, a delegar.

Existem em Portugal boas empresas, acreditadas pela ERC, para o ajudar nas famosas sondagens de opinião.

Sondagens de opinião

A informação recolhida por empresas profissionais pode ter um carácter mais qualitativo se recolhida através de entrevistas de profundidade ou das conhecidas dinâmicas de grupo. Por outro lado podemos recolher informação com um carácter mais quantitativo, neste caso, recorrendo às sondagens.

A informação qualitativa servirá para lhe dar pistas e ideias para ir ao encontro dos problemas com que os eleitores se deparam.

A informação quantitativa, servirá para avaliar a perceção dos eleitores quer em relação a propostas políticas que queira apresentar, avaliar a concorrência ou conhecer as suas hipóteses de sucesso eleitoral.

Se não for candidato a uma super autarquia, fique-se pelas sondagens, elas dar-lhe-ão resposta à maior parte das suas questões.

As sondagens são credíveis?

Não tenha dúvidas; as suas metodologias e técnicas já foram muito testadas e, em Portugal, existem bons profissionais, contudo, deve sempre e por esta ordem:

  1. Definir qual a informação necessária: não se esqueça que uma sondagem pode recolher quase todo tipo de informação que você gostaria de saber, porém, a forma como são feitas as questões é muito importante. Dispense alguma da sua atenção na construção de uma boa entrevista de questionário. Siga esta regra de ouro: questionários curtos são fundamentais para recolher informação com qualidade.
  2. Escolher como vai ser recolhida a informação: o método mais utilizado e ainda com um bom grau de confiabilidade, apesar de todas as críticas, continua a ser a entrevista telefónica.
  3. Certificar-se que a amostra recolhida será representativa do eleitorado ao qual se pretende candidatar.  

Quanto ao número de entrevistas a realizar, gostava apenas de lhe dizer que, por vezes, amostras grandes são contraproducentes e que entre 500 a 1000 entrevistas podem ser suficientes. Mas se quer saber qual a dimensão adequada para o seu caso, em função do erro e confiança na informação a recolher, utilize o algoritmo que o website do IPOM lhe disponibiliza gratuitamente em www.ipom.pt

Não se esqueça, as sondagens são um bom instrumento para conhecer o eleitorado mas não são o único!

Estamos na era digital e plataformas colaborativas tipo Google Analytics, Facebook, Instagram ou outros do género poderão constituir-se como uma peça essencial para conhecer o seu eleitorado.

Um último conselho: você, candidato, é o melhor analista eleitoral.

Mãos à obra.

  • 2/ Dez_ 2016
PARTILHE
  1. Responder

    Hey, that’s the grsteeat! So with ll this brain power AWHFY?

Adicionar um comentário

Marketing Político
Marketing digital
Estudos de opinião e sondagens
Falar em público
Quero ser Presidente

Artigos relacionados

Conhecer o eleitorado

Conhecer o eleitorado

Tendo em linha de conta o método de Hondt, utilizado em Portugal nas eleições legislativas…